Age of Conan - Nexus/Fantasy Flight Games

Um jogo de Francesco Nepitello, Marco Maggi e Roberto Di Meglio para 2 a 4 jogadores, a partir dos 12 anos, com a duração de 90 minutos.

Esta é uma era de conflito e de feitiçaria. Uma era de poder, grandiosidade e decadência.
Os reinos de Hyborian dominam o mundo ocidental. O mais poderoso é Aquilonia, mas outros rivais são militarmente poderosos. Estes reinos governam com superioridade o mundo ocidental, embora os bárbaros dos baldios estejam a crescer em força.

Distante ao sul, descansa a mágica Stygia, indiferente às invasões estrangeiras. Os seus mestres sombrios, foram conduzidos para sul do grande rio Styx, e agora eles imiscuíram-se nas artes mágicas e intriga, tentando trazer de volta o seu poder ancestral.

Ao Norte, os bárbaros de cabelo dourado e olhos azuis, descendentes dos louros selvagens do árctico, foram conduzindo o que restava das tribos Hyborian para fora dos países das neves. Só o velho reino de Hyperborea resistiu ao seu ataque. As suas enevoadas e frias cidades, guardam místicos segredos que os bárbaros, ao contrário deles, dificilmente conseguem perceber.

Ao longo dos séculos, os Hyrkanians tinham investindo firmemente para oeste. Agora, uma tribo cerca o extremo sul da grande ilha marítima – Vilayet – e tinham estabelecido o reino de Turan na costa sudoeste.

Nesta era de construção imperial, façanhas históricas e abomináveis crimes, passeia-se Conan, o Cimério. De cabelo preto, olhos ameaçadores, e espada na mão, ele é um ladrão, um salteador, um assassino, com profundas melancolias e de imensas folias. Todos tremiam quando se aproximava, porque ele caminhava com a coroa das pedras preciosas da terra, debaixo da sua sandália.

ComponentesDentro da caixa do jogo, irás encontrar os seguintes componentes:

» Este livro de Regras
» 1 Tabuleiro do Jogo
» 2 Cartões, contendo:
- 11 Fichas de Saqueador
- 56 Fichas de Aventuras
- 20 Fichas de Licitação
- 32 Fichas de Ouro
- 14 Fichas de Feitiçaria
- 14 Fichas “Crom, count dead!”
- 4 Marcadores de Pontos de Império
- 1 Ficha de Jogador Inicial
» 7 Dados da Sorte
» 6 Dados de Confronto
» 168 Figuras de Plástico em 4 conjuntos. Cada conjunto inclui:
- 18 Unidades de Exército
- 6 Emissários
- 9 Torres
- 9 Fortalezas
» 1 Figura de Conan
» 1 Marcador do destino do Conan
» 165 Cartas de Jogo:
- 27 Cartas de Aventura
- 12 Cartas de Objectivo
- 37 Cartas de Estratégia
- 84 Cartas de Reino (21 para cada reino)
- 3 Cartas de Artefacto
- 1 Carta Bónus Conan
- 1 Carta de Jogador Conan
» 4 Folhas de Consulta

Tabuleiro do jogo
O tabuleiro do jogo descreve os reinos Hyborian e as terras à sua volta. Durante o decurso do jogo, os jogadores esforçam-se por conquistar esses territórios, através do poder militar e manobras políticas.

Fichas de SaqueadorEstas fichas são usadas para representar o tumulto causado pela pilhagem e saque do Conan numa Província.

Fichas de LicitaçãoOs jogadores usam estas fichas para licitar pelo controlo do Conan no início de uma aventura.

Fichas de Aventura
As fichas de aventura são usadas para representar a monstruosidade dos Combates do Conan, a mulher que ele encontra e os tesouros reivindicados durante as suas aventuras. Os jogadores coleccionam isto durante o decurso do jogo e usam-nas para realizar vários objectivos e reivindicar artefactos lendários.

Fichas de Ouro
As fichas de ouro são usadas para representar o ouro dos jogadores, durante o jogo.

Fichas de Feitiçaria
As fichas de feitiçaria são usadas para representar os poderes mágicos que o jogador tem ao seu dispor, durante o jogo.

Fichas “Crom, count the dead!”
Os jogadores recebem estas fichas quando ganham batalhas contra outros jogadores. O jogador que coleccionar mais fichas, recebe um bónus no final do jogo.

Marcadores de Pontos de Império
Os jogadores usam isto para registar quantos pontos eles têm acumulado no trilho dos pontos de império.

Ficha do Jogador Inicial
Esta ficha é usada para identificar o jogador que realiza a primeira vez de jogar, quando começamos uma nova era.

Dados de Sorte
Os jogadores lançam estes sete dados para determinar as acções que eles podem realizar, durante o jogo. Cada dado tem um série de símbolos, e cada símbolo corresponde uma acção que um jogador pode realizar na sua vez de jogar.

Dados de Confronto
Os jogadores lançam estes seis dados para resolver confrontos durante o jogo.
Figuras do Exército
Estas figuras pormenorizadas, representam os exércitos dos quatro reinos da Hyborian.

Figuras de EmissáriosEstas peças de plástico pormenorizadas representam os emissários diplomáticos dos quatro reinos Hyborian.

Marcadores de Controlo:
Fortaleza e TorreOs jogadores usam os marcadores de controlo de fortaleza e de torre para indicar quais as províncias do tabuleiro do jogo, que assumiram o controlo, através de meios militares ou diplomáticos.

Figura do Conan
Esta figura é usada para marcar a localização actual do Conan no Tabuleiro do jogo.

Marcador do Destino do ConanEste marcador é usado para marcar o destino do Conan no tabuleiro do jogo, durante as suas aventuras.

Cartas de Aventura
Estas cartas representam as aventuras do Conan por todos os reinos Hyborian. As aventuras do Conan ditam, por quanto tempo dura o jogo, assim como afectam os jogadores de outras maneiras.

Cartas de Objectivo
Estas cartas representam os objectivos políticos e militares dos reinos Hyborian. Cada carta providencia um objectivo e um bónus de pontos de império ao jogador ou jogadores que o alcancem.

Cartas de Estratégia
Estas cartas podem ser usadas pelos jogadores para modificar os seus lançamentos em confrontos militares ou intriga, e são também usadas pelos jogadores, quando eles licitam para o controlo do Conan, durante uma aventura.

Cartas de ReinoCada reino Hyborian tem o seu próprio baralho de cartas. Este representa as personagens especiais, unidades militares, eventos e poderes místicos, que estão à disposição do reino.

Cartas de ArtefactosEstas cartas representam três poderosas relíquias atribuídas aos jogadores, durante o jogo, concedendo-lhes benesses poderosas.

Carta Bónus ConanDurante o jogo, esta carta é atribuída ao jogador com a menor pontuação, providenciando-lhe uma capacidade bónus.

Carta de Jogador Conan
Esta carta é dada ao jogador que controla o Conan, durante uma das suas aventuras, e indica as capacidades especiais que este papel acarreta.

Bem-vindoBem-vindo ao mundo do Conan, o herói bárbaro criado por Robert E. Howard. O Age of Conan é um jogo de tabuleiro de estratégia que permite a cada jogador controlar um dos quatros maiores reinos da Era Hyborian.

Os jogadores combatem com exércitos, feitiços e intriga para conquistar os seus inimigos e fazer dos seus reinos os mais poderosos do mundo. Contudo, só um irá ganhar a lealdade do mais poderoso de todos os heróis - Conan, o Cimério.
Objectivo do jogo
No Age of Conan, até quatro jogadores competem por construir, o mais poderoso império de Hyborian, usando o poder militar e alianças políticas para ganhar sobre as províncias neutrais e subjugar os seus oponentes. A força do império de um jogador é determinada através dos pontos de império que ele acumula, através das províncias subjugadas e satisfazendo os objectivos do jogo. No final do jogo, o jogador com mais pontos de império, é o vencedor.
Visão Geral do JogoNo Age of Conan, os quatro maiores reinos da Era Hyborian estão a expandir agressivamente as suas fronteiras e influência, competindo para se tronarem no mais poderoso reino da era. Usando exércitos e emissários, guerras e intriga diplomática, cada reino esforça-se por alcançar o domínio sobre os seus vizinhos.

Enquanto isso, Conan o Cimério, o famoso herói bárbaro, vagueia dum lado para outro na Hyboria ocidental. A sua simples presença pode perturbar as conspirações cuidadosamente preparadas e mudar a tendência das batalhas, e nenhum reino pode verdadeiramente controlar as suas acções. Contudo, um governante hábil, irá guiar o Conan, para que a sua presença desoriente as acções dos reinos oponentes, em vez do seu próprio reino.

Mais cedo ou mais tarde, depois do Conan ter enfrentado muitas aventuras e os quatro maiores reinos Hyborian terem conquistado imenso território da Hyboria ocidental, o jogo termina. O reino mais poderoso ganha e irá dominar o mundo por muito tempo. No entanto, o Conan tem ainda um último papel a desempenhar. Um reino pode tentar coroar Conan como o seu rei, e se for bem sucedido, esse reino tem uma boa chance de dominar os seus rivais. Contudo, sê prevenido, o Conan é selvagem e imprevisível, e o preço a pagar pelo falhanço na tentativa de o coroar, é enorme.


Termos Importantes

Existem vários termos importantes, envolvidos na preparação e no modo de jogar o jogo de tabuleiro.
» Um reino é a província inicial de um jogador. Existem quatro reinos no Age of Conan: Aquilonia, Stygia, Turan e Hyperborea. Um reino também é referenciado como sendo uma “província natal”.
»Uma província amigável é qualquer província neutral, que um jogador conquista ou com quem faz uma aliança. A província natal do jogador é também considerada como sendo amigável.
» Uma província inimiga é qualquer província que é amigável para os outros jogadores.
» Uma província neutral é qualquer província que nem é amigável, nem inimiga.
» Uma província selvagem é indicada através de ossos cruzados, por debaixo da sua cotação, e representa uma região bárbara que só pode ser conquistada por um jogador. Os jogadores nunca podem formar alianças com as províncias selvagens.
» Uma província costeira é uma província que partilha uma fronteira com o Mar Ocidental ou com o Mar Vilayet.

Existem também diferentes tipos de marcadores de controlo que são posicionados nas províncias durante o jogo.

» Um jogador posiciona uma fortaleza numa província que tenha conquistado através de um confronto militar.
» Um jogador posiciona uma torre numa província com quem se tenha aliado, através de um confronto de intriga.
» No decurso de um jogo, um jogador pode construir uma cidade numa província amigável. Isso é indicado, posicionando um fortaleza numa província amigável, e de seguida posiciona uma torre em cima da fortaleza.
Para mais informações, sobre confrontos militares e de intriga, consultar a página 15, para mais informações sobre construções de cidades, consultar a página 20.
Nota: Um jogador nunca posiciona um marcador de controlo, de que tipo seja, na sua província natal.
A principal fatia do tabuleiro do jogo, é o mapa dos reinos Hyborian. O mapa está dividido em quatro áreas principais. Cada área está subdividida num número de territórios, denominados de províncias.
» O Norte é constituído pelas províncias roxas, rodeando Hyperborea.
» O Este é constituído pelas províncias amarelas, rodeando Turan.
» O sul é constituído pelas províncias verdes, rodeando Stygia.
» Hyboria central é constituída pelas províncias vermelhas, rodeando Aquilonia.

Os quatro reinos estão marcados com símbolos especiais. Eles carecem de trilhos de campanha e de cotações de províncias (o que outras províncias têm – ver a seguir).

Cada província que não é um reino, contém uma sequência de símbolos, referenciados como sendo um trilho de campanha. Cada símbolo retracta um certo tipo de terreno. Os trilhos de campanha são usados em certos tipos de confrontos militares.

Cada província tem um valor numérico, uma cotação de província. Isto representa a resistência da província para a intriga e a sua força militar. Esta cotação é também usada para determinar quanto ouro e quantos pontos de império vale uma província.

Se uma província fizer fronteira com o mar, é considerada como costeira.

Se o ícone de ossos cruzadas aparecer por detrás da cotação da província, a província é uma província selvagem.


Modo de Jogar

O Age of Conan é jogado ao longo de três eras. Cada era, consiste em quatro aventuras de Conan.

Durante a sua vez de jogar, um jogador pode ter a oportunidade para remover fichas de aventura do trilho da aventura e para mover a figura do Conan para diferentes localizações no tabuleiro do jogo. Quando todas as fichas de aventura no trilho da aventura forem removidas, a aventura termina. De seguida, os jogadores resolvem a aventura antiga, tiram uma nova aventura do baralho de aventura, e continuam a jogar.

Quando todas as quatro aventuras do baralho de aventura forem resolvidas, a era termina. Os jogadores participam numa série de actividades conhecidas como a fase de mudança de era, criam um novo baralho de aventura, e começa a era seguinte.

No final da terceira era, ou se um jogador encarregar-se de coroar Conan como o seu governante do reino, o jogo termina e os jogadores determinam quem é o vencedor.


A vez de Jogar e os dados da sorte
Cada aventura é intercalada por uma variedade de jogadas dos jogadores.
No início do jogo, o jogador Conan é o primeiro a realizar a vez de jogar, seguido pelo jogador à sua esquerda, e assim em diante, em volta da mesa. Se o modo de jogar for interrompido, devido ao final de uma aventura ou a uma fase de mudança de era, o jogador que realizaria a próxima vez de jogar, recebe a ficha de primeiro jogador. Uma vez recomeçado o modo de jogar, o jogador com a ficha de primeiro jogador realiza a primeira vez de jogar e o modo de jogar continua como é normal.

A vez de jogar de um jogador normalmente consiste em duas etapas:

1) Joga e Renova as cartas “Play-on-the Table” (joga em cima da mesa)
Certas cartas de reino, referenciadas como sendo cartas “play-on-the-table”, só podem ser jogadas ou renovadas no início da vez de jogar de um jogador. No início da sua vez de jogar, um jogador pode jogar e renovar tantas destas cartas quantas ele é capaz.

2) Usa um Dado da Sorte
Os jogadores escolhem um dado da sorte da provisão dos dados da sorte e realizam a acção mostrada no dado da sorte que seleccionou.

A Provisão dos Dados da Sorte
No Age of Conan, as acções que um jogador pode realizar, durante a sua vez de jogar, é determinado pelo lançamento dos setes dados da sorte. Cada lado do dado da sorte, tem um símbolo representativo de uma acção que um jogador pode realizar, durante a sua vez de jogar.
No início do jogo, o jogador Conan lança todos os sete dados da sorte. Os dados são posicionados na secção da provisão dos dados da sorte do tabuleiro do jogo, sem alterar os seus resultados. De seguida, começando com o jogador Conan e prosseguindo no sentido dos ponteiros do relógio, os jogadores realizam a sua vez de jogar.

Durante a vez de jogar de um jogador, o jogador tem de escolher um dado da sorte e realiza a acção indicada nesse dado. De seguida, o dado é removido da provisão dos dados da sorte e não pode ser usado por outro jogador, Cada jogador só pode escolher um dado da sorte, durante a sua vez de jogar.

Quando a secção da provisão de dados da sorte fica vazio, o jogador cuja vez de jogar é a seguir, volta a lançar todos os sete dados, posicionando-os na provisão conforme foi feito anteriormente, escolhe um deles, e realiza a acção correspondente. Se o modo de jogar for interrompido devido ao terminar de uma aventura ou a uma fase de mudança de era, deixa quaisquer dados da sorte não usados na provisão. Quando o modo de jogar for reiniciado, estes dados tem de ser usados, antes dos dados da sorte serem novamente lançados.


Fim do Jogo

O jogo pode terminar de duas maneiras
- Quando a 4ª aventura da terceira era é completada, o jogo termina quando o jogador actual completa a sua vez de jogar.
- No final de qualquer aventura da terceira era (incluindo a última), o jogo termina, se um dos jogadores faz uma tentativa (bem sucedida ou não) de coroar Conan como o governante do seu reino (ver “Coroar Conan” a seguir.


Estamos perante um jogo onde existe uma grande variedade de possíveis combinações estratégicas.
Devemos consolidar todas as nossas conquistas ou alianças com reforços de unidades militares, para não sermos apanhados desprevenidos pelos nossos adversários.
Temos de estar atentos ao Conan, ele é um factor de desequilíbrio, em várias situações do jogo.
É um jogo ao estilo do “Conquest of Empire”, com uma história diferente e com mecanismos diferentes no que diz respeito ao modo de jogar.
A atribuição do Conan através de uma licitação, está interessante, dando mais elementos para um jogador ponderar, uma vez que isso implica desfazer-se de uma carta e de fichas de licitação, que só podem ser recuperadas, uma vez no jogo, através da ficha “0”. Mas essa situação, provoca que uma licitação seja praticamente perdida pelo jogador para recuperar as fichas que já jogou.
Ser o jogador que controla o Conan tem várias vantagens, uma das quais, é de posicionar fichas de saqueador nas províncias dos nossos adversários, as quais, podem vir a provocar a perda de pontos aos nossos opositores, obrigando-os a perder unidades dos seus exércitos.
È importante observar os objectivos expostos, para identificar um que possamos realizar, antes da fase de mudança de era, mas também devemos ter atenção à recompensa desse objectivo, para verificar se vale ou não a pena a sua concretização.
A construção de fortalezas ou cidades é importante, para que possamos aumentar as nossas tropas de forma gratuita, durante a fase de mudança de era.
A troca de fichas de aventura por ouro e feitiçaria, também é importante, principalmente, o ouro, que pode ser utilizado para jogar ou renovar cartas e para adquirir unidades de exército, emissários e cartas, durante a fase de mudança de era.
As fichas de aventura são importantes para a obtenção de artefactos e a carta bónus do Conan.
Para ganhar o jogo é preciso ser o jogador com mais pontos de império, para concretizar este objectivo, é crucial conquistar províncias para receber os pontos de império da cotação da província conquistada, e ter cartas de objectivo.
No final do jogo há um bónus extra para o reino mais rico, para quem tem mais fichas “Crom, count dead!” e mais fichas de aventura.
Outra forma de contribuir para a vitória no jogo, é coroar Conan com o governante do reino, mas esta opção é muito arriscada (isto só pode ser feito durante a terceira era).
As possíveis opções que um jogador pode realizar na sua vez de jogar, depende do lançamento dos 7 dados da sorte. Estes dados são lançados e os resultados obtidos, são as acções disponíveis para todos os jogadores. Este mecanismo está interessante e original.
Em suma, estamos perante um “War Game” que tem mais do que simples lançamentos de dados de combate, em que a feitiçaria traz um pouco de fantasia ao jogo.
Um jogo que necessita de uma leitura completa às regras do jogo, antes de começar a jogar. Pode parecer ao início, um pouco complicado, mas tudo acaba por resumir-se a dois passos na tua vez de jogar:
1) Jogar e Renovar cartas
2) Usar um dado da sorte.
Claro que, depois deste dois passos tens variadíssimas consequências, mas nada de complicado, após uma leitura atenta às regras do jogo.
Este jogo não tem a grandiosidade do tabuleiro do “Conquest of Empire”, mas as suas dimensões são razoáveis.
A caixa do jogo acomoda bem todos os componentes do jogo, ao contrário do “Conquest of Empire”. Para aqueles que gostam de tudo perfeitamente acondicionado, não vão dispensar a compra dos pequenos sacos de plástico para colocar todas as fichas do jogo.
As Miniaturas estão bem concebidas e engraçadas, mas não percebo a razão dos emissários de Hyperborea, não estarem a cavalo como todos os outros, evitando dessa forma alguma confusão na distinção com as suas unidades militares.
Uma chamada de atenção para a qualidade das fichas do jogo, são feitas de um cartão duro e grosso.
Não percebo, como um jogo com esta produção, não fornece um simples saco opaco para colocar as fichas, que são tiradas de forma aleatória.
Cada jogador tem o seu próprio baralho de cartas, apesar de não ser original, enquadra-se bem no jogo.
Não sendo um jogo com muitas novidades, está interessante, tem qualidade e acredito que venha a ser um sucesso de vendas.
Quem gosta de jogos como o “Conquest of Empire”, “American Civil War”, “Napoleon in the Europe”, entre outros, e quem gosta de jogos que exigem a ponderação de várias variáveis possíveis para uma tomada de decisão, vai com toda a certeza gostar do “Age of Conan”.


Vídeo de apresentação do jogo




dreamwithboardgames
Regras do Jogo Site Oficial
BoardGameGeek Comprar o Jogo
As regras em Português estão disponíveis na Divercentro
Entrevistas
Roberto Di Meglio Francesco Nepitello


Paulo Santos
Paulo Santos
Paulo Santos
Maria Constança Silva

3 comentários:

vital disse...

'As regras em Português estão disponíveis na Divercentro'


Onde Paulo?
Estou farto de procurar no site da devir e não encontro nada.

Paulo Santos disse...

O site é Diver (www.diver.pt). Devir é outra empresa.

A Diver oferece as regras em Português na compra do jogo.

Qualquer dúvida, estou disponível para esclarecer através do “contacto”.

Abraço
Paulo Santos

starfishsoup disse...

For Age of Conan Cheats, Age of Conan Dupes, AoC gold cheats, Age of Conan Bots, Age of Conan Guides, and Walkthroughs click here