Korsar - ASYNCRON games


http://www.playme.de/Start

Introdução e Objetivo do Jogo
Nos séculos XVI e XVII, o transporte marítimo entre o velho continente e as colónias do Novo Mundo estavam em pleno. Nesses novos territórios abundavam riquezas. Cada uma das potências marítimas tenta conquistá-las
Como corsário, foste encarregado de defender as galés carregadas de tesouros do teu acampamento, enquanto tentas capturar os teus oponentes.
No final do jogo, o acampamento que acumulou a maior riqueza é declarado vencedor.

Material
25 Cartas Galeão.
48 Cartas de Corsário.
5 Cartas de Personagem: 4 cartas de Capitão e 1 carta Almirante.

Preparação do Jogo
Misturar todas as cartas e distribui 6 a cada jogador. Coloca as restantes cartas com a face para baixo no centro da mesa para formar um monte.

Sozinho ou em Equipa
Um jogo com 2, 3 ou 5 jogadores, cada um joga por si. Um jogo com 4 jogadores, podes escolher jogar sozinho ou em equipas de dois (ver Jogo em Equipa). Um jogo com 6 ou 8 jogadores, joga em equipas de dois (ver Jogo em Equipa). O Korsar não se destina a ser jogado com 7 jogadores.

Modo de Jogar
O último jogador a embarcar num barco começa e o turno é no sentido horário. No teu turno, tens a escolha entre:
Jogar uma carta ou Tirar uma carta.

Ganhar as Cartas Galeão
No teu turno e antes da tua ação, deves verificar se ganhas uma ou mais cartas Galeão. Uma carta Galeão é ganha quando um dos dois casos que se seguem se verifica:
Tens nessa batalha uma personagem ou força estritamente superior a cada um dos teus oponentes;
É um dos teus Galeões e não está envolvido numa batalha (nenhuma carta Corsário foi jogada para o atacar);
Quando ganhas uma carta Galeão, recolhe todas as cartas jogadas nessa batalha e mantem-nas com a face para baixo à tua frente

Fim do Jogo
O jogo termina quando o baralho esgotar e um jogador jogou a sua última carta.
Em seguida, resolvemos todas as batalhas em curso. Em caso de empate, as cartas de Galeão não são concedidas e as cartas permanecem na mesa.

Pontuação
Cada jogador soma os valores das cartas Galeão que ganhou e deduz os valores das cartas Galeão que ficaram na sua mão. O jogador que marcar mais pontos ganha o jogo.


Qualquer que seja o jogo com a assinatura de Reiner Knizia, desperta a curiosidade, mesmo que a caixa do jogo seja de dimensões reduzidas, como é o caso do Korsar, cuja caixa cabe na palma da nossa mão.
O Korsar é um típico jogo de cartas que retrata o transporte marítimo vindo do Novo mundo durante os sec. XVI e XVII. Temos Galeões, Corsários, Capitães e Almirantes nesta aventura marítima.
As cartas, o único componente deste jogo, desempenham bem o seu papel. Estão bem ilustradas, conseguindo transmitir o ambiente pretendido para o jogo. A sua qualidade, em termos do material escolhido, é q.b.
As regras do jogo são simples, muito fáceis de compreender, bastando uma leitura para começar a desfrutar das aventuras marítimas que o Korsar proporciona.
O Reiner Knizia, construiu de forma hábil, um jogo soft, indicado para a época do ano em que nos encontramos, férias de verão. É ideal para descontrair e passar bons e divertidos momentos com a família e/ou amigos. São aqueles momentos que os mais jovens vão guardar na sua memória, como um dos bons momentos das suas férias.
Apesar de estarmos perante um jogo simples e descontraído, não significa que não tenhamos de estar atentos às cartas que vão sendo jogadas, nomeadamente os corsários, para que possamos ter uma noção das cartas que ainda faltam jogar de cada uma das cores, para que possamos planear melhor a nossa participação numa batalha.
Por vezes pode ser mais proveitoso jogar galeões à nossa frente do que tentar ganhar uma batalha. Enquanto os nossos oponentes se digladiam para ganhar a contenda, tentamos passar despercebidos, conseguindo assim levar o nosso galeão a bom porto.
Claro que dá muito jeito ter um almirante quando temos um galeão valioso em alto mar. Pode ser o nosso “seguro de vida”. Os capitães também são importantes para conseguir sobreviver às batalhas, mas temos de ter o apoio dos corsários da mesma cor.
O Korsar é um jogo que deve fazer parte de qualquer coleção, para ser jogado naqueles dias em que pretendemos “matar o vício” mas de uma forma descontraída com os amigos e/ou família.


Tema/Objectivo









6
Mecânica/Regras









6
Componentes/Artwork









6
Jogabilidade/Interacção









7
Estratégia/Dificuldade









6
Duração/Diversão









7
Originalidade/Criatividade









6
Preparação/Começar a jogar









10
Caixa do jogo/Apresentação









6
Preço/Vale o Dinheiro









8
Apreciação Global6.8


dreamwithboardgames
Reiner KniziaASYNCRON games
Comprar o JogoBoardGameGeek

Paulo Santos
Paulo Santos
Paulo Santos
Maria Constança

Blockers! - Amigo


http://www.masqueoca.com/tienda/
Um jogo criado por Kory Heath para 2 a 5 jogadores, a partir dos 8 anos com duração de 30 minutos.

Componentes
- 1 Tabuleiro
- 140 Fichas (28 de cada cor)
- 5 Suportes de Fichas

Preparação do Jogo
Coloca o tabuleiro no centro da mesa. Cada jogador deve tirar todas as peças de uma cor e um suporte de fichas. Coloca todas as tuas fichas viradas para baixo num monte à tua frente e mistura-as bem. Tira cinco fichas e coloca-as no teu suporte de modo que só tu as possas ver. Aleatoriamente escolhe um jogador para levar a cabo o primeiro turno. O jogo prossegue no sentido horário ao redor da mesa.

Objetivo do Jogo
O objetivo do jogo é criar grupos conectados das tuas próprias fichas no tabuleiro, enquanto tentas não capturar muitas fichas da mesma cor. Um grupo é qualquer conjunto conectado de fichas coloridos semelhantes no tabuleiro. Ligações diagonais não contam. Uma ficha que não está ao lado de todas as fichas da mesma cor também conta como um grupo. No final do jogo, vais contar o número de grupos que tens no tabuleiro, e o número de peças que tens da cor que capturaste mais, e quem tiver o menor número dessas duas coisas combinadas, ganha.

Fim do Jogo
Depois de todos os jogadores terem tirado as suas fichas finais, todos têm mais um turno, e, em seguida, o jogo termina. No final do jogo, terás quatro fichas não jogadas deixadas no teu suporte. Conta o número de grupos que tens no tabuleiro, e, em seguida, conta o número de fichas que tens da cor que capturaste mais (Se houver um empate para a cor que capturaste mais, conta apenas qualquer uma das cores empatadas). O vencedor é o jogador que tem o menor número dessas duas coisas combinadas.

Assim que tivemos conhecimento da existência deste jogo, ficámos interessados em jogá-lo. Graças ao nosso parceiro MasQueOca foi possível obter um exemplar do jogo.
As fichas são de qualidade e são agradáveis ao toque.
O tabuleiro do jogo tem saliências que impedem que as fichas saiam do seu lugar, depois de posicionados no tabuleiro. A sua ilustração está q.b.. O material utilizado na sua confeção é de qualidade, acima da média.
O design da caixa do jogo cumpre com o seu papel, transmitindo o que se vai encontrar dentro dela. Um jogo abstrato muito apelativo e interessante.
Há que ter atenção às fichas com símbolos, uma vez que, o seu posicionamento é mais limitado ao nível dos espaços, já que os 9 espaços disponíveis estão demasiado concentrados em termos da zona onde se encontra no tabuleiro do jogo, ao contrário das letras e números, em que os seus 9 espaços disponíveis se estendem mais pelo tabuleiro do jogo.
Deves estar atento à colocação das fichas dos adversários. Todos os jogadores têm o mesmo número de fichas.
Cada jogador tem ao seu dispor 28 fichas:
1 Ficha de 1 a 9
1 Ficha de A a I
1 Ficha em cada um dos símbolos do tabuleiro
2 Fichas Blockers
Se estiveres atento às fichas que os teus oponentes vão posicionando no tabuleiro, facilmente vais perceber quais são as fichas que ainda faltam posicionar. Com isso podes ter a perceção dos possíveis espaços onde essas fichas podem ser colocadas, podendo assim de forma estratégica, forçar o teu oponente a capturar fichas.
Com o decorrer do jogo, os espaços vazios no tabuleiro vão diminuindo drasticamente, o que originará, forçosamente, a captura de fichas por parte dos jogadores, uma vez que nunca podes passar a tua vez de jogar.
Sendo os grupos de fichas conectados ortogonalmente, pode sempre posicionar as tuas fichas na diagonal, já que não formam qualquer grupo.
Com as fichas Blockers podes forçar o teu adversário a construir mais grupos do que aqueles que ele tinha planeado.
Estamos perante um jogo “Mind Game” muito rico ao nível da estratégia. É um bom exemplo de como se pode construir um jogo com regras simples, mas com uma riqueza enorme quanto à estratégia que podemos optar para conseguir o objetivo da vitória. As próprias regras do jogo elucida sobre essa riqueza, transmitindo aos novatos as linhas básicas da estratégia a seguir.
Cada jogo é um jogo, há que ter a capacidade de adaptar a tua estratégia ao tipo de oponente com quem estamos a disfrutar este excelente jogo.
Quem aprecia este tipo de jogos tem de experimentar o Blockers. Quem é muito cético em relação a jogos abstratos, tem aqui uma boa oportunidade para mudar de opinião.
O Blockers é um jogo que deve fazer parte de qualquer coleção e de qualquer evento de jogos de tabuleiro. Nunca vão dar o vosso tempo como perdido, é um jogo viciante e desafiante, e que nem damos pelo tempo passar quando estamos a jogá-lo. É uma excelente opção para esta época do ano – férias de verão – porque graças ao seu tabuleiro com pequenas saliências, não deixa que as fichas posicionadas no tabuleiro saiam do seu lugar. Além disso, temos um suporte individual para colocar as fichas que temos na nossa posse, e como a caixa do jogo tem divisórias individuais para acomodar cada um dos conjuntos de fichas em função da sua cor, podemos aproveitar esses espaços como o monte de fichas a retirar após cada turno.
O Blockers é com toda a certeza um bom investimento!
Tema/Objectivo









8
Mecânica/Regras









7
Componentes/Artwork









6
Jogabilidade/Interacção









8
Estratégia/Dificuldade









7
Duração/Diversão









9
Originalidade/Criatividade









6
Preparação/Começar a jogar









9
Caixa do jogo/Apresentação









7
Preço/Vale o Dinheiro









10
Apreciação Global7,7


dreamwithboardgames
Kory HeathAmigo
Comprar o JogoBoardGameGeek

Paulo Santos
Paulo Santos
Paulo Santos
Maria Constança